RPG mais que um hobby, um passatempo que pode ajudar as pessoas!

era um tempo onde todos amavam ODIAR RPG

Olá aventureiros!

O assunto de hoje será sobre como o RPG cria amizades, aproxima as pessoas e ajuda as mesmas a superar problemas!

Meu primeiro contato com o mundo do RPG foi aos 14 anos de idade, comecei jogando Vampiro: a Máscara, posteriormente decidi virar narrador e também jogar outros cenários, desta forma experimentei: Lobisomem o Apocalipse, Caçadores Caçados, Mago a Ascenção, Vampiro Idade das Trevas, Sabbath, D&D, AD&D, D&D 3.0, D&D 3.5, Pathfinder, GURPS, Call of Cthulhu, Shadowrun, Tagmar, Defendores de Tókyo, Trevas, etc… Conheci muitas pessoas, fiz muitas amizades duradoras que persistem até hoje (tenho 36 anos), o RPG também me ajudou bastante a lidar com problemas típicos de adolescentes e vários dilemas morais (não somente a mim, como aos meus amigos e colegas de mesa). Recentemente ao conversar com um amigo Psicólogo (que nunca jogou RPG), o mesmo ficou encantando com as possibilidades! Ao contrário da mídia que de uma forma geral, insiste em divulgar somente o lado negativo do nosso querido hobby (casos isolados de crimes e associações absurdas de ofensas com relação a fé Cristã), eu gostaria de exaltar as vantagens desse querido passa-tempo:

  • Construir e fortalecer amizades;
  • Ajuda a extravasar o estresse do dia-a-dia;
  • Estimula a imaginação (melhorando em muito nossa criatividade);
  • Incentiva o hábito/prática da leitura;
  • Desperta/aguça a curiosidade em relação a história antiga, religiões, cultura e mitos de outros povos;
  • Combate a Fobia Social.

Dito isto devo confessar que eu embora muito extrovertido, sempre fui tímido com as mulheres e o RPG (pode parecer mentira, mas não é) me ajudou e muito a me tornar desinibido nessa área. Toda a desenvoltura que me faltava no mundo real, sobrava no faz de conta do universo do RPG! O RPG também é bom para descobrir e identificar determinados problemas pelos quais as pessoas podem estar passando (se alguém sempre joga com personagens carismáticos, mas na vida real tem poucos amigos, pode ser um indicio de solidão). Também notei que jogadores de RPG em geral, são extremamente criativos, costumam ler bastante e costumam ser menos preconceituosos com assuntos como: homofobia, xenofobia e bullying. Pois é,  sabe o nerd jogador de RPG,  estatísticamente quase nunca  vai compactuar com essas práticas! E o que dizer das amizades que podem surgir das mesas de jogo? Sabe aquele meio-orc bárbaro que forma uma bela dupla em combate com o seu personagem bardo? Na vida real aquele mesmo jogador pode ter muito em comum com você. RPG é mais do que um simples jogo, se ensinado e utilzado em escolas, pode ser uma ferramenta á favor da educação para crianças, pode também ajudar  pessoas (crianças, jovens e adolescentes) com problemas sociais. Considerando todas estas informações, quando eu for pai, pretendo ensinar este hobby ao(s) meu(s) filho(a)(s), desta forma mantendo viva uma tradição ao meu ver divertida e muito útil.

Turma RPG

Eu e uma das várias mesas e amigos com os quais joguei RPG! Amigos+RPG+comida torna tudo mais divertido, fica a dica!

Se você ainda não rolou uns dados, nunca jogou RPG, não sabe o que esta perdendo! Deixa o preconceito de lado e tenta a sorte, RPG existe para todos os gostos, existem cenários de terror, comédia, romance, ação, ficção cientifica, fantasia, idade média, etc…

Até a próxima semana e boa sorte nos dados!

rpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s